Warning: dirname() expects exactly 1 parameter, 2 given in /var/sentora/hostdata/zadmin/public_html/b300_com_br/wp-content/plugins/intelly-related-posts/includes/actions.php on line 10
Cores para marcas: saiba como usá-las da forma certa | B/300 – Agência de Resultados
cores para marcas

Cores para marcas: saiba como usá-las da forma certa

b300, 11 de abril de 2022

A construção da identidade visual da sua loja, assim como as cores da sua marca em si, conta com a força das cores. Todo mundo, especializado na área ou não, já percebeu que as cores são de extrema importância para a imagem de um empreendimento.

Quando pensamos no marketing e na construção de uma marca, a cor funciona para muitos propósitos, como associar marcas a setores e indústrias, gerar emoção e criar vínculos emocionais, podendo até influenciar diretamente as decisões de compra. 

Talvez você não saiba, mas os consumidores fazem julgamentos subconscientes sobre um produto nos primeiros 90 segundos, e 62% a 90% desse julgamento é baseado em cores.

Isso ocorre porque os seres humanos têm grande parte de suas percepções baseadas no visual. Logo, os estímulos visuais baseiam praticamente todas as nossas ações, o que inclui o consumo.

Importância das cores para a marca

As cores, junto das formas, são as maiores aliadas quando o assunto é a construção de marcas. Várias pesquisas comprovam que a cor pode melhorar a compreensão de uma mensagem em até 73%, a capacidade de aprender em 55% a 68%, e facilitar a leitura em até 40%. 

Em resumo, a identidade visual é a primeira impressão que uma marca causa no público, levando o consumidor a decidir se existe identificação com a empresa e, consequentemente, se compra. 

Isso porque é a marca que vai representar os valores e propósitos da empresa no mercado, além de fazer parte de todas as estratégias de divulgação da marca, o que inclui a automação em marketing. 

Além disso, as cores são capazes de evocar as emoções humanas, impactando as vendas ou desempenho da sua marca. Consequentemente, as cores da identidade visual da empresa estão presentes, também, nos sites formatados em WordPress e em outras plataformas. A repetição da cor fortalece o conhecimento da marca.

Entendeu a importância das cores para uma marca? Então agora você precisa saber como usá-las, e para isso precisa saber seus significados. 

Cores, significados e como podem ser usadas

1 – Vermelho

O vermelho é uma cor quente, sendo usado por marcas grandes como a Coca-Cola e a Netflix. Essa cor é imediatamente associada ao calor, à paixão e à fome, mas também, pode transmitir o sentimento de urgência. Deu para ver que essa cor ainda é bem versátil. 

Leia Também:  Desenvolvimento de Marca: Aprenda a Criar Uma Marca de Sucesso

Ela pode ser altamente ligada à paixão e à sexualidade, ou representar a graça e a atratividade de um pôr do sol em uma tarde fria, ou mesmo, o amor entre duas pessoas.

Outro exemplo de marca que usa o vermelho é o banco Santander, com o objetivo de mostrar força e resistência, consolidando a marca como uma das de maior credibilidade no mercado em que atua. 

Em contraste, o McDonald ‘s usa o vermelho como objetivo de aguçar a fome de seus clientes, e também dar a sensação de urgência em seus fast-foods.

2 – Laranja

O laranja é uma cor que remete a algo aventureiro e amigável. Ela também pode representar um pouco de falta de compromisso, ou uma mensagem de confiança e fácil acesso.

O banco Itaú escolheu a cor laranja para se destacar no mercado financeiro, conquistando os clientes mais jovens e transmitindo a imagem de uma empresa moderna e à frente do seu tempo. 

Já o banco Inter apostou na casualidade que a cor laranja oferece para se comunicar com o seu público-alvo, que é mais novo.

3 – Amarelo

Outra cor quente é o amarelo, que remete a algo sereno, alegre e quente. Essa tonalidade é a que percebemos de forma mais rápida na visão periférica, por isso normalmente é usada em fitas policiais, bolas de tênis e até em placas de trânsito.

O amarelo está presente em marcas como Hertz e McDonald’s. Essa cor nas logos, de modo geral, acompanha outra tonalidade para ajudar na definição das bordas dos caracteres, mantendo o destaque na escolha da cor.

4 – Azul

A primeira cor fria da nossa lista, o azul, lembra algo confiável, pacífico e honesto. Essa é a cor predominante no planeta Terra, se visto do alto, e grande parte das pessoas fazem associações positivas com ela.

A confiança que o azul transmite fez marcas como Facebook e American Express apostarem nessa cor para dar simbolismo a elas. Além disso, essa cor também é capaz de transmitir um senso de lealdade, profissionalismo e honestidade.

Leia Também:  Naming: O Que é? Veja Como Funciona o Processo de Escolha de Nome Para Empresa

O azul pode ser combinado com vermelho, branco ou amarelo para dar mais destaque a marca. Além disso, é possível considerar fazer uso de mais de um tom da mesma cor para dar mais vida a sua logomarca.

5 – Verde

O verde transmite segurança e naturalidade. Como é encontrada na natureza, remete a sentimentos de renovação, crescimento e proteção. É uma cor versátil, pois é a mais sensível ao olho humano. Isso porque, existem mais tons de verde do que as pessoas são capazes de contar.

A Starbucks usa o verde para conferir à marca uma sensação de prosperidade e frescor, além de se fazer uma sutil menção às origens naturais do café. 

Já o Spotify aposta na combinação de verde e preto para passar a ideia de novo, mas com sofisticação.

6 – Roxo

A cor roxa é muito usada por marcas que apostam em nichos de mercado. Ela transmite algo misterioso, místico e real. Ao longo da história da humanidade, foi usada por gerações de imperadores, reis e líderes religiosos, tornando-a possível de associação com realeza e devoção. Ela também está associada ao luxo.

A cor roxa confere às pessoas uma sensação de paz. O Nubank aliou a sofisticação da cor roxa com o apelo da mudança social para estabelecer a sua marca, atraindo um público jovem e bastante liberal.

7 – Preto

Por fim, o preto remete a elegância, luxo e poder, além de ser misterioso. Isso confere a ele a possibilidade de ser usado para representar quase qualquer situação ou produto. Na maioria das vezes, o preto é combinado com outras cores. Também pode representar força, sensualidade e ousadia.

Nas logomarcas, a aliança entre preto e branco é a mais comum, é a que também dá mais certo, pois essa combinação remete à elegância e até à neutralidade. O Uber apostou nessa casadinha para dar um ar de sofisticação à logo do aplicativo.

Uma dica é evitar emparelhá-lo em cores. Isso porque amarelo e preto, por exemplo, podem dar a sensação de impaciência ou perigo. Já apostar na cor ouro, que deriva do pantone do amarelo, esbanja sofisticação e elegância.