desenvolvimento de marca

Desenvolvimento de Marca: Aprenda a Criar Uma Marca de Sucesso

b300, 3 de fevereiro de 2021

Independente da estratégia adotada para a construção de uma marca, cada cliente terá uma percepção diferente sobre a mesma. Cada perspectiva é única, e depende da história pessoal de cada um – contexto cultural, social e econômico -, mas acima de tudo, da experiência individual com a empresa. 

Em resumo, a relação da marca com o cliente é única para cada cliente e, consequentemente, a empresa nunca terá  100% do controle sobre a sua imagem. Ainda assim, ela pode usar estratégias e técnicas para alcançar o cliente de uma forma direcionada, tendo mais controle sobre a marca. 

Para que isso funcione, as empresas precisam desenvolver – e guiar – a sua marca em cima dos seus valores. Ou seja, ela deve ser desenvolvida em cima dos propósitos do negócio, que por sua vez guiam todas as ações que o empreendimento venha a fazer. 

Quando isso é feito, com bastante empenho e profissionalismo, a marca se destaca entre os clientes. Mais do que isso, os clientes irão enxergar a marca como uma líder de mercado, mesmo que ainda não seja. Eles vão ajudar sua empresa a chegar lá. 

Como desenvolver uma marca de sucesso? Segue os 9 Passos!

desenvolvimento-de-marca-aprenda-a-criar-uma-marca-de-sucesso-b300--agncia-de-resultados-branding-b300--agncia-de-resultados-b300--agncia-de-resultados

Primeiramente, é preciso fazer um bom desenvolvimento de marca para que ela consiga os resultados esperados no futuro. Como desenvolver uma marca de grande sucesso? Nós mostramos o passo a passo para você!

1 – Estratégia

O primeiro passo para criar uma marca de sucesso, é estabelecer uma estratégia para o seu negócio. No total, existem três estratégias centrais que a sua empresa pode adotar, sendo elas:

  • Liderança total em custos: produção com baixos custos, possibilitando ofertas ao mercado com preços abaixo dos concorrentes;
  • Diferenciação: desempenho superior, com um benefício reconhecido como de alto valor pelo público.
  • Foco: o uso de uma das duas estratégias descritas acima em um segmento específico do mercado.
Leia Também:  Psicologia das Cores - Como ela pode ser aplicada no Marketing?

2 – Público alvo

Após a definição da estratégia central da sua empresa, é preciso definir para quem ela será direcionada, ou seja, o seu público alvo. Nunca é demais repetir: é extremamente importante reconhecer o seu público para desenvolver um relacionamento assertivo com ele. 

3 – Persona

Após a definição do público alvo, você deverá criar a persona dele. Com a realização de uma pesquisa de público alvo, você precisa desenhar uma representação fictícia do seu consumidor, chamada de persona. 

Com a persona – nome, idade, preferências pessoais, crenças, valores e hábitos de consumo – fica mais fácil entender o perfil e o comportamento de seus clientes e criar sua marca com muito mais assertividade.

4 – Posicionamento

Posicionamento é o lugar que a sua empresa ocupa no coração do cliente. Ou seja, quais características do seu negócio que fazem ele se destacar para o seu cliente, ao invés da concorrência. 

Quando você define esse posicionamento, deve usar estratégias para reforçá-lo com o seu público, fortalecendo sua marca. Por exemplo, você pode associar a marca a causas sociais e políticas, sempre aquelas que correspondem aos valores de suas personas. 

5 – Personalidade da marca

Antes de definir logotipos e nomes, é preciso idealizar sua personalidade de marca. A personalidade da marca é o conjunto de características humanas que podem ser associadas a ela, como confiança, inteligência e acolhimento, por exemplo. 

A personalidade de marca é um dos elementos com maior força para criar conexões emocionais e identificação com o público. Ela deve personalizar valores e causas em que seus consumidores acreditam profundamente.

6 – Proposta de valor

A proposta de valor é a experiência que o cliente vai vivenciar ao se relacionar com uma marca. Em resumo, ela é o motivo pelo porque o cliente escolheu sua empresa, e não a concorrente. 

Leia Também:  Naming: O Que é? Veja Como Funciona o Processo de Escolha de Nome Para Empresa

Depois que a marca for lançada, é possível fazer uma pesquisa de Avaliação de Proposta de Valor e verificar o quanto seus clientes estão satisfeitos com a experiência.

7 – Nome

Certamente esse é um dos elementos mais importante de uma marca e no seu desenvolvimento, uma vez que o nome deve ativar no cliente, automaticamente, a lembrança da marca. Ou seja, é um pilar que precisa ser completamente assertivo para o sucesso. 

Ele deve trazer associações fortes, favoráveis e exclusivas com todos os conceitos apresentados nos passos anteriores. Atualmente, a tendência é usar nomes curtos e de fácil escrita e pronúncia.

Além disso, para criar o nome da sua marca, leve em consideração todas as pesquisas e estudos usados nos tópicos anteriores. Isso irá ajudar a chegar no melhor nome possível. 

8 – Logotipo

É um dos principais elementos da marca que facilitam a lembrança da marca e a sua diferenciação da concorrência. Além disso, os elementos usados em um logotipo são as cores, as formas, a tipografia (letras) e os símbolos.

Há logos que usam exclusivamente símbolos, outros que usam apenas tipografia, e logos que transformam a tipografia de tal forma que ela se torna um símbolo.

9 – Slogan 

Por fim, o slogan é uma frase curta que comunica o posicionamento da marca. Um exemplo de sucesso é a Coca-Cola, que desenvolve novos slogans em intervalos curtos de tempo, sempre fazendo ajustes finos em seu posicionamento.