Warning: dirname() expects exactly 1 parameter, 2 given in /var/sentora/hostdata/zadmin/public_html/b300_com_br/wp-content/plugins/intelly-related-posts/includes/actions.php on line 10
Data Driven Marketing: O que é e como implementar no seu negócio! | B/300 – Agência de Resultados
Data-Driven

Data Driven Marketing: O que é e como implementar no seu negócio!

b300, 19 de abril de 2022

Data Driven Marketing, é o marketing responsável por dados. O que implica em dizer que as decisões do marketing serão embasadas nos dados coletados, mediante uma pesquisa prévia, que irá guiar as estratégias de marketing.

Com o avanço do Marketing Digital, o processamento e coleta de dados se tornaram fundamental para o melhor funcionamento nas redes sociais. Com os dados em mãos, ou seja, com a parte teórica em mãos, a parte prática de implementar estratégias de marketing e buscar mais público, se tornaram mais vantajosas com o uso de dados.

O que é Data Driven Marketing

Resumindo, data driven marketing é a prática de coletar dados que visam as interações com clientes ou de outros, dados relacionados aos recursos e todo o outro tipo de dado que esteja alinhado com o público-alvo que facilitem as estratégias de abordagem.

Com os recursos coletado pelo data driven marketing, há uma facilidade de planejar melhor uma abordagem com o público, pois com os dados coletados, terá caminhos apontados nas relações que o publico disponibiliza, como gostos, preferências, desejos. 

Esses fatores, aprimoram a interação com o público e criam um vínculo mais seguro entre marca/produto com o público consumidor.

O meio de coleta de dados é por uma linguagem digital de dados que gerenciam esses dados coletando informações em sites, perfis e e-mails. Utilizando-se do método de publicidade programática (compra e venda automática de anúncios online).

Como implementar o Data Driven Marketing

Para conseguir implementar da melhor forma possível o data driven marketing, é importante pensar e seguir alguns passos:

  1. Análise

É um processo inicial fundamental, a etapa de análise é a etapa em que o objetivo está posto aliado com as estratégias de marketing disponíveis.

Leia Também:  Dados demográficos do consumidor - O que são e como usá-los ao seu favor

Assim, é possível coletar os dados que melhor se enquadram com os objetivos delimitados. Analisar o perfil do consumidor é um ótimo início deste processo, verificar os perfis dos tipos de cliente e depois estabelecer certas metas contribuem para um melhor resultado.

  1. Automatização

Se possível utilize da automatização do marketing, integrando outros softwares que gerencie os dados coletados.

  1. Colaboração

Não limite o data driven marketing a apenas um setor ou um segmento, faça colaborações e integrações para um melhor aproveitamento.

  1. Observação
    O data driven marketing está em constante mudança, sujeito a alterações, por isso sempre acompanhe da melhor forma para que não haja surpresas ou imprevistos.
  2. Meça
    Certifique-se de manter os KPIs (um indicador de desempenho) atualizados e de acordo com as metas e objetivos traçados por sua estratégia de marketing. 

Ferramentas para o Data Driven Marketing

Existem algumas ferramentas disponíveis nas redes que podem facilitar no controle, gerenciamento e no armazenamento dos dados coletados. Há também, ferramentas que auxiliam na velocidade de processamento dos dados e que ajudam a automatizar o processo.

  • Google Analytics (website)
  • Google Console
  • Google Ads
  • Google Data Studio
  • Facebook Ads
  • CRM
  • Plataformas de e-commerce
  • Ferramentas de BI
  • Big Data

Quais os benefícios do Data Driven Marketing

Segue agora alguns dos benefícios que o data driven proporciona.

Segmentar consumidores ideais

Segmentar o público é importante para manter o foco no consumidor ideal que se alinhe as condições da marca ou do produto. Com campanha específicas e bem definida é possível gerar este interesse por parte do público, o que fará com que ele busque informações até você.

Criação de conteúdo

Com o volume alto de outros criadores de conteúdo e com a acessibilidade para gerir e criar conteúdo, se torna necessário acrescentar novidades ao material produzido para que haja por parte do público um reconhecimento e uma boa identificação.

Leia Também:  VENDAS E MARKETING EM DATAS COMEMORATIVAS

Condução de testes A/B

Os testes A/B são meio de apresentar ao público versões diferente do mesmo material, tanto em texto, descrições, quanto em fotos, vídeos de divulgação promocional. Esse teste deve ser conduzido de acordo com os dados recolhidos e com a estratégia de marketing proposta.

Integração com as vendas

Integrar o setor do marketing com o de vendar é essencial e bastante importante para ampliar os negócios com a união da visibilidade da empresa e do produtor ofertado, muitas empresas não tiram o melhor proveito do data driven para solucionar tais questões.

Cultura Data Driven

Existe uma relação de aplicação do data driven com uma postura, ser data driven requer manter uma cultura que envolve as estratégias da empresa como também sua relação com o público-alvo.

A cultura Data Driven, dispõe para além das ferramentas tecnológicas, considerações importantes de uma postura a ser mantida, como?

  • Liderança
  • Comportamento
  • Tecnologia
  • Processos
  • Evolução
  • Constância
  • Confiança

Portanto, a junção dos aspectos da cultura Data Driven, devem também de ser incorporadas nas relações tanto internas da empresa, como externas, para que o público veja e acabe por se inspirar e se sentir parte dessa evolução e construção empresarial, criando uma atmosfera de pertencimento com o setor escolhido.