Scroll Down

ENTENDIMENTO E
CONTROLE PARA
CRESCIMENTO

Growth Hacking

O termo que se popularizou no Vale do Silício, devido as estratégias empregadas junto as Startups para o crescimento estrondoso de várias marcas globais, começou timidamente a ser pronunciado no Brasil, nos últimos anos. Inseguros de suas falas, boa parte dos discursos ainda se confundem equivocadamente com ações de Content Marketing e Inbound Marketing.

Mas afinal, o que é Growth. Ou melhor, o que é o Growth na B/300?

O Growth Hacking, desde o seu início sempre esteve associado a atividades que gerassem crescimento em número de usuários ou vendas. Em tradução literal, o termo seria “crescimento hackeado”. E o “Hacker” nesse caso, é mais uma referência conceitual a curiosidade e a capacidade de encontrar falhas em processos de vendas, fluxos de compras e em atividades de mercado.

Por isso, enquanto houver o entendimento e o controle das forças que contribuem para o crescimento de uma ferramenta, empresa ou sistema existe Growth. Pois  ele é o que existe entre o marketing, o design de interação, o marketing digital, o conteúdo, o sistema, UX, o UI e o layout.

Growth Hacking não é o rio, é a correnteza.