Dicionário básico do Marketing Digital

b300, 25 de março de 2020

Se você está começando sua carreira no Marketing Digital saiba que é essencial conhecer alguns dos termos utilizados pelos profissionais da área.

Algumas palavras podem ser bem complicadas no início como: Google Ads, Remarketing, Tráfego Orgânico, Tráfego Pago e muitas outras palavras.

Neste caso, para te ajudar a se integrar nesse mercado nós montamos um Dicionário do Marketing Digital com as principais expressões utilizadas neste meio.

Saiba que com este manual será muito mais fácil seguir a sua jornada profissional e assim, obter os melhores resultados.

 

Vamos lá?

 

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

 

  • Marketing digital: Entenda a importância de conhecer os seus principais conceitos
  • Dicionário Básico do Marketing Digital: Principais Conceitos

 

Marketing digital: Entenda a importância de conhecer os seus principais conceitos

 Muito provavelmente você já deve ter se perguntado como que algumas pessoas e empresas conseguem tantos clientes e tanto sucesso no marketing digital.

Afinal, o que elas fazem para se destacar no mercado? Porque os seus produtos vendem tanto, enquanto outros ficam encalhados?

Bom, o segredo do sucesso no marketing digital certamente passa pelo marketing.

Neste caso, quem domina o marketing sabe tudo sobre o mercado: como se posicionar, como conquistar os clientes, como entregar valor para os seus públicos e, é claro, como gerar lucro e competitividade com tudo isso.

Porém, estamos aqui falando de um conjunto de conhecimentos que, não incorpora apenas o mundo físico, mas também o mundo online – o mundo digital.

O mundo digital abrange uma série de novos conceitos, estratégias, canais e metodologias, que estão em constante mudança ao longo dos anos para se adaptar às transformações sociais.

Neste caso, para que você realmente possa dominar o mercado, será necessário dominar essa ciência.

Pensando nisso, e para te ajudar, a partir de agora iremos te mostrar os principais conceitos do marketing digital.

No decorrer deste artigo você terá acesso a um Dicionário Básico do Marketing Digital onde você irá encontrar os principais conceitos que serão utilizados na sua carreira.

 

Dicionário Básico do Marketing Digital: Principais Conceitos

Automação de marketing

 A automação permite acompanhar e melhorar o relacionamento com o público em geral.

O que acaba sendo muito útil, principalmente quando temos muito trabalho para ser feito.

Além de toda a redução do trabalho manual, com uma automação de marketing é possível poupar muito tempo e, é por isso que muitas empresas apostam na automação.

Neste caso, a automação colabora no agendamento de posts nas redes sociais, disparos de e-mails marketing, mensuração de resultado de campanhas e muitas outras atividades.

 

Blog

Abreviação de webblog, o Blog é um ambiente para produção de conteúdo muitas vezes em texto, mas que também permite a publicação de imagens, vídeos e áudios.

O blog no início era utilizado apenas como um diário pessoal.

Porém, hoje ele é um elemento essencial do marketing, pois ele pode realizar diversas atividades, como o aumento de tráfego do site,  gerar autoridade no assunto e atração de leads.

Te respondemos aqui se vale a pena mesmo ter blog em 2020.

 

Briefing

Sempre que iniciamos um projeto de marketing digital é essencial que todos os envolvidos estejam alinhados.

Por isso, para que os criadores de conteúdo conheçam melhor o ramo da empresa e o que é ou não interessante escrever, realiza-se o briefing.

Para resumir, podemos descrever o briefing como um conjunto de perguntas que, aos serem esclarecidas, servirão como orientação para os criativos.

É por meio do briefing que podemos entender melhor onde a empresa quer chegar com as estratégias de marketing digital e o que deve ou não ter nas suas redes sociais.

 

Conversão

 Chamamos de conversão quando o usuário aplica uma ação desejada.

Por exemplo, quando uma pessoa preenche seu formulário com o objetivo de receber um conteúdo gratuito, é um exemplo de conversão.

Porém, uma conversão somente é considerada definitiva quando o consumidor adquire o seu produto ou serviço.

 

Call to Action (CTA)

 Podemos definir a CTA (Call-To-Action) como uma chamada para ação que pode ser um link, um botão ao longo do conteúdo, imagem ou algum tipo de link da internet que incentiva os visitantes do site a se tornar um lead.

Para que você possa ter uma ideia mais clara, alguns exemplos bem conhecidos de CTA são “Inscreva-se agora” ou “Baixe o material agora mesmo”.

Tais frases quando são combinadas com um link de acesso a um material rico são importantes “iscas” para converter um usuário em lead.

 

Click-Through Rate

 O Click Through Rate é a porcentagem de seu público que clica nos links do seu site e podemos definir como a Taxa de Cliques.

Neste caso, para que você possa encontrar o CTR da sua página, você precisa saber o número total de cliques que sua página recebeu, dividido pelo número de oportunidades que as pessoas tiveram em clicar, como a quantidade de visualizações de página, por exemplo.

Porém, lembre-se que os dados devem ser relacionados aos mesmos períodos.

 

E-book

Os e-books ou livros virtuais possuem um material extremamente rico e geralmente são conteúdos complexos, extensos e bem aprofundados.

No marketing digital, na grande maioria das vezes os e-books são utilizados como Isca Digital, mas também podem ser comercializados.

 

E-commerce

O e-commerce surgiu da compra e venda pela internet e é hoje um modelo comercial que utiliza dispositivos eletrônicos como computadores, smartphones ou tablets.

Inicialmente, as primeiras transações eram mais tímidas e compreendiam basicamente produtos como livros, cds e dvds.

No entanto, com o fortalecimento do ambiente digital, as lojas virtuais ganharam notoriedade e atingiram o patamar de visibilidade conhecido hoje.

Atualmente é raro encontrar um produto ou serviço que não possa ser vendido online.

 

E-mail marketing

Estratégia do Marketing Digital que se baseia no disparo de e-mails para um determinado público.

O e-mail marketing pode ser proveniente tanto de uma base de contatos de clientes como leads gerados por meio de outras estratégias.

 

Funil de vendas

 O funil de vendas é definido com os estágios da jornada de compra do seu público, dos quais podem ser topo, meio ou fundo de funil.

Neste caso, cada uma das etapas afeta o comportamento do consumidor, por isso é que você precisa conhecê-lo muito bem.

A partir do seu site é totalmente possível coletar dados e entender melhor a sua persona.

 

Google Ads

 Uma das ferramentas mais populares para quem pensar em patrocinar links.

A plataforma de Google Ads permite a promoção de determinados conteúdos, fazendo com que esses anúncios apareçam de forma mais constante para seu público alvo.

 

Inbound marketing

 Podemos resumir o Inbound Marketing como uma estratégia que visa despertar a atenção de potenciais clientes, facilitar a localização online da empresa e atrair pessoas para o site, produzindo conteúdo interessante e útil.

A partir do momento que você consegue alinhar o conteúdo que você publica com os interesses da persona, é totalmente possível promover naturalmente o tráfego do qual pode ser convertido mais facilmente.

 

KPI

 Métrica utilizada para mensurar o desempenho das estratégias adotadas. o “Key Performance Indicator” ou somente KPI é o Indicador-chave de Desempenho e ajuda a tecer uma análise dos resultados obtidos e pode ser usado para se obter melhorias constantes durante os processos.

 

Landing page

A Landing Page reúne dados e informações que a audiência busca em relação a determinado serviço, tema ou produto.

Neste caso, o seu intuito é converter o visitante do site em lead e transformar o lead em um cliente, com o uso de estratégias como oferecimento de uma isca digital e uso de CTA (Call to Action).

 

Lead

O Lead é um potencial comprador ou um potencial cliente.

Este pode, por exemplo, demonstrar interesse através do preenchimento de um formulário para receber algum material que você produziu, ou ainda alguma assinatura de newsletter.

Ao fazer isso, ele passa a fazer parte do funil de vendas e a sua equipe comercial entrará em ação para caminhar rumo a um fechamento do negócio.

 

Link building

O Link building é um termo que indica técnicas capazes de otimizar o posicionamento de uma página/site no Google e demais buscadores.

Neste caso, o seu uso implica na construção de links externos que direcionam para um site, permitindo assim a elevação de seu tráfego.

 

Links patrocinados

Os links patrocinados são anúncios que aparecem nos resultados de buscas online e são mais comuns em formato de texto, a fim gerar tráfego para o site do anunciante.

 

Marketing de conteúdo

 O objetivo do marketing de conteúdo é criar conteúdo de alta qualidade e relevância em relação a determinado assunto, atraindo potenciais clientes.

Neste caso, ao disponibilizar ao público-alvo, soluções e informações capazes de entregar valor, a marca naturalmente se torna referência para os potenciais clientes, o que consequentemente facilitará a conversão dos mesmos em consumidores da marca.

 

Mídia social

 As Mídias Sociais, diferente dos meios de comunicação social tradicionais, constituem canais de relacionamento na internet nos quais existem diferentes possibilidades de interação e participação entre os usuários.

As mídias são ótimas para estratégias digitais, visto que permitem gerar mídia espontânea, criar ou compartilhar conteúdos próprios.

 

Newsletter

A Newsletter que também é chamada de boletim informativo é uma publicação fixa da empresa para seus clientes e potenciais clientes.

Muitos ainda confundem essa estratégia com e-mail marketing, visto que ela também pode ser enviada por e-mail.

Porém, diferentemente do e-mail marketing, a newsletter é mais focada em produção de conteúdo que em vendas.

Geralmente é entregue apenas para as pessoas que optaram por receber esse conteúdo da empresa, em geral, ao preencherem seu cadastro em um formulário online.

 

Palavra-chave

Termos compostos por uma ou mais palavras, as palavras-chave são a forma como um usuário escreve sua dúvida nos buscadores com o intuito de obter respostas e concluir suas pesquisas.

O usos das Keywords, seu termo em inglês, é muito mais comum em sites de busca como o Google.

 

Público alvo

O Público-alvo é um grupo específico de consumidores ou organizações que compartilham um perfil semelhante e por isso devem ser o foco das ações de marketing e vendas da sua empresa, uma vez que estão mais dispostos a adquirir os produtos/serviços que ela oferece.

 

Remarketing

O Remarketing é realizado a partir das ferramentas do Google Ads que identifica os usuários que já acessaram sua página.

A partir disso, os anúncios passam a serem exibidos novamente para aqueles que já buscaram por seu serviço.

 

Site

Plataforma utilizada para divulgação de seu produto ou serviço.

O site é um endereço eletrônico onde podemos possuir uma ou várias páginas, onde nelas, colocamos conteúdos fixos sobre aquilo que é interessante divulgar.

 

SEO

Conjunto de técnicas que visa atingir bons ranqueamentos organicamente, o SEO pode ser feito gerando tráfego e autoridade para um site ou blog após aplicada as técnicas de otimização.

Neste caso, para que as estratégias sejam aplicadas corretamente, é necessário um bom entendimento de como o Google funciona.

Assim, quando se entende quais os pontos a plataforma leva mais em consideração para ranquear melhor uma página, mas fácil fica para ajustar seu site ou texto dentro desses padrões.

 

Taxa de conversão

 Métrica que indica qual parte da sua audiência realmente converteu e rendeu resultados para os negócios, a taxa de conversão é essencial para o marketing digital.

Como já falamos anteriormente, sempre que alguém realiza um movimento de aproximação com sua marca ou objetivo, no Marketing Digital nós chamamos de conversão.

E as equipes sempre trabalham pensando constantemente nessa conversão.

 

Tráfego pago

 O Tráfego Pago é caracterizado, por exemplo, pela compra de espaços online que ajudam a divulgar sua loja para as pessoas com determinado perfil ou que estão pesquisando por palavras-chave relacionadas aos seus produtos.

Atualmente, os principais vendedores desses espaços de divulgação são o Google Adwords, o Bing Ads, o Facebook Ads, o Instagram Ads, o Linkedin Ads e o Twitter Ads.

Neste caso, as suas ofertas consistem em alugar espaços para banners, postagens ou anúncios de texto nas páginas de pesquisa.

Os anúncios que gerem mais dinheiro para os vendedores do espaço serão exibidos mais frequentemente e, consequentemente, acabam gerando mais resultados.

 

Tráfego orgânico

 Podemos definir o tráfego orgânico como o conjunto de visitas que foram conquistadas de forma espontânea, ou seja, quando não há investimento em anúncios.

É basicamente constituído por pessoas que utilizam buscadores, como o Google, Bing, Yahoo ou outros, ignoram os anúncios e clicam nos resultados não pagos para chegarem até seu site.

 

Tráfego direto

O Google Analytics (GA) define sessão direta como aquele tráfego que não tem uma origem muito bem definida.

Nem sempre a Analytics consegue identificar qual é a origem real do tráfego do seu site, classificando como Tráfego Direto o que era realmente tráfego de redes sociais ou de anúncios, por exemplo.

 

Tráfego Social

 O Tráfego Social são os visitantes que clicam em postagens das redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter e outras para chegar até seu site.

Para gerar este tipo de tráfego, a sua equipe precisa ser criativa para conseguir tirar a pessoa de seu momento de lazer nas redes sociais para levá-la a um período de compras em sua loja virtual.

 

Tráfego de referência

 O tráfego de referência acontece em momentos como, por exemplo, quando uma pessoa está navegando em outro site, clica em um link que direciona para sua loja virtual e entra nela.

Basicamente, funciona como uma indicação online. Você usa a credibilidade daquele site com seus visitantes para gerar interessados em seus produtos.

 

 E aí? O que achou do artigo? Gostou do nosso Dicionário Básico de marketing digital?

Saiba que essas são apenas algumas palavras que são utilizadas em nosso meio, mas que são essenciais para qualquer um saber e estar por dentro do mundo digital.

 

E para ficar por dentro de conteúdos relacionados ao marketing digital e suas descobertas, cadastre-se na nossa newsletter.

 Dúvidas, críticas ou elogios, deixem nos comentários.

 

Até mais!

 

Fontes

https://rockcontent.com/blog/o-que-e-marketing/

https://www.twodigital.com.br/glossario-marketing-digital

https://help.leadlovers.com/hc/pt-br/articles/360043037194-DICION%C3%81RIO-DO-MARKETING-DIGITAL

https://www.reinosunidos.com.br/blog/dicionario-do-marketing-digital/

https://nove.digital/dicionario-do-marketing-digital/

https://www.fazerpos.com.br/dicionario-de-marketing-digital-aprenda-os-termos-essenciais/

https://asnoticiasdigitais.com.br/2020/01/22/dicionario-do-marketing-digital/

https://agencialoopa.com.br/dicionario-do-marketing-digital/

https://www.profissionaldeecommerce.com.br/como-uma-newsletter-pode-ajudar-no-marketing-de-conteudo/

https://www.internetinnovation.com.br/blog/midias-sociais-conceito-e-definicao/

https://rockcontent.com/blog/trafego-direto-no-google-analytics/

https://resultadosdigitais.com.br/blog/o-que-voce-precisa-saber-e-nao-sabe-sobre-trafego-direto/

https://rockcontent.com/blog/o-que-e-trafego-organico/

https://www.climba.com.br/blog/o-que-e-trafego-organico-e-o-que-significa-para-as-lojas-virtuais/

https://bulldesk.com.br/blog/taxa-de-conversao/?gclid=Cj0KCQjwx7zzBRCcARIsABPRscP8EYetyTxdNnbCQRdegjPeRzr5WB0yL6a4BGegYdvBQIXJdrKH0oEaAjoQEALw_wcB